.

.

14 fevereiro 2010

NADA SEI



Não me perguntes, porque nada sei
Da vida,
Nem do amor,
Nem de Deus,
Nem da morte.

Vivo,
Amo,
Acredito sem crer,
E morro, antecipadamente,
Ressuscitando.

O resto são palavras,
Que decorei,
De tanto as ouvir.

E a palavra,
É o orgulho do silêncio envergonhado.

Num tempo de ponteiros, agendado,
Sem nada perguntar,
Vê, sem tempo, o que vês
Acontecer.

E na minha mudez,
Aprende a adivinhar,
O que de mim não possas entender.

Miguel Torga





O colorido destas últimas imagens de domingo, é para lembrar que ainda é carnaval, apesar de tudo!No wordpress Ilha da Magia: A Poesia virou confete!

15 comentários:

El Drac disse...

Às vezes apenas um abraço, um olhar é suficiente para entender outro ser humano. Um grande abraço.

Chica disse...

Muito lindo,Sonia!Um lindo carnaval!beijos,chica

Arantza G. disse...

Palabras que se clavan en la piel.
Un abrazo como respuesto a un sentimiento.
Bello poema
Besos y todo mi cariño.
Feliz semana

RETIRO do ÉDEN disse...

Aqui tanto frio...que bom por aí.
Uma beleza tudo que se vê.
Forte abraço
Mer

Pérola disse...

Bom dia minha querida.
Eu também nada sei mas continuo vivendo rsrsrsr.
Um beijo grande.
Parabéns pela postagem.

SolBarreto disse...

Lindo poema!
Adorei!

Adolfo Payés disse...

Siempre, siempre , siempre te leo mi querida amiga.. eres especial con tus poemas.


Un abrazo
Con mis
Saludos fraternos de siempre..

Que tengas una semana maravillosa..

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Essa primeira foto ficou algo fenomenal!
Beijo, Sonia.

E que voce tenha uma boa semana!

Nade disse...

Eu quero estar nesse lugar aí destas fotos agora!!! Que delícia!
Carnaval, alto astral, alegria geral!
Bjs, queridona!

Chris disse...

Quando pensamos que nada sabemos, a poesia acontece, como aconteceu com Miguel Torga.
Um beijo do lado da cá do Atlântico onde o frio é mais que muito
Chris

MARIA L. BÓZOLI disse...

Tem Selinho prá voce......venha buscar

"Seu blog é um luxo"

Com carinho lhe ofereço...Beijos!

Silvana Nunes .'. disse...

Boa noite amiga.
Estou grudada na TV vendo a Escola de Samba Porto da pedra e aguardando a minha escola - Estação Primeira da Mangueira - que é a última a desfilar, só mesmo lá pela manhã.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja um bom carnaval.
Saudações Florestais !.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

É tão bom quando podemos curtir o carnaval com tranquilidade. Seja na folia ou em casa, temos que sentir que a batucada, mesmo, é na nossa vida e o samba enredo sempre é aquele do coração. Então vou com um sambinha gostoso do Chico, espero que goste:

http://www.youtube.com/watch?v=YU547fUsHqI

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Layara disse...

As vezes nao sabemos muito
As vezes apenas sabemos que amamos em silencio...

Beijos Lilases!


otimo carnaval nessa ilha Linda!

Henrique Rodrigues Soares disse...

Sônia, nada sei apesar que pensamos que sabemos.
Muito obrigado pela amizade.
Bjs e até mais.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.