.

.

10 março 2010

Sinais da madrugada



É de noite que eu me sinto melhor
Reduzo as luzes pra ver o que fica sem cor
E, quando tudo me parece igual
Eu fecho os olhos e procuro um sabor
Procuro as mãos do meu amor no lençol
E se ela não está
Eu me sento no chão e escrevo sobre os sinais
Minhas mãos sobre os papéis
E uma brisa me enche de paz
Com outros olhos vejo que ela sempre está aqui
Da janela vê o mundo e espelha o mundo dentro de si
É o bastante para ser feliz
Descobrir sua alma junto da minha em todo lugar
Entenda
Por amor eu desceria deste trem em movimento
Porque, mesmo que eu caísse
Ainda estaria largando de tudo para ir ao teu encontro
Não importa a visão da cidade
E sua face atormentada dando voltas no quarteirão
Nossos olhos erguidos além do concreto
Vêem as copas das árvores e não espantam pássaros
Também aprendemos a pousar na linha esticada
Para ver o sol nascer...

Marco Túlio (do livro Litoral, 2008)




NO ILHA DA MAGIA: DE QUE MAIS PRECISO?

8 comentários:

EDUARDO POISL disse...

Lindo poema, sei que gosta deste tipo de poema ainda mais falando das madrugadas, as fotos como sempre lindas também.

Beijos te amo

tossan disse...

São fotos lindas que embelezam o poema mais ainda. Beijo

Maria João disse...

De nada Sonia, não precisarás de mais nada, ou de pouco mais...

Um beijinho

Ana Lúcia Porto disse...

Como é bom amar e desejar ser amado...

Beijos Sônia,
Ana Lúcia.

lidia disse...

HOLA TANTISIMO TIEMPO QUE HA PASADO,BELLAS FOTOS,BELLAS LETRAS!
UN ABRAZO
LIDIA-LA ESCRIBA

PASA SI QUERES OR MI BLOG ES GRATIS

Pérola disse...

Minha lora,a noite é meu confessionário rs.
beijos mil.

MARIA L. BÓZOLI disse...

Se de amor são os versos,
despertam carinhos diversos...
Com lindas flores,
falamos de amores,
espalhando seus odores...
Com versos floridos,
curamos amores doloridos...
Receba meus versos com carinho,
ensinando-lhes o caminho
para chegar a seu coração...

(Marcial Salaverry)

Uma noite de Amor e Paz! Agradeço sua visita.
Beijos & Flores! M@ria

RenaTinha Lira disse...

Tudo lindo, poema, fotos!

Parabéns! =*

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.