.

.

10 abril 2010

HÁ NOITES


Há noites que são feitas dos meus braços
E um silêncio comum às violetas.
E há sete luas que são sete traços
De sete noites que nunca foram feitas.

Há noites que levarmos à cintura
Como um cinto de grandes borboletas.
E um risco a sangue na nossa carne escura
Duma espada à bainha dum cometa.

Há noites que nos deixam para trás
Enrolados no nosso desencanto
E cisnes brancos que só são iguais
A mais longínqua onda do seu canto.

Há noites que nos levam para onde
O fantasma de nós fica mais perto;
E é sempre a nossa voz que nos responde
E só o nosso nome estava certo.

Há noites que são lírios e são feras
E a nossa exatidão de rosa vil
Reconcilia no frio das esferas
Os astros que se olham de perfil.

Natália Correia



13 comentários:

Sônia Silvino disse...

Este lugar é abençoado e lindo demais!
Bom domingo!
Bjs! Muitos!

Pena disse...

Simpática Amiga Poetiza Admirável:
Escreve versos com uma extraordinária e pura sensibilidade de sonho.
Parabéns. Excelente escolha.
"...Há noites que são lírios e são feras
E a nossa exatidão de rosa vil
Reconcilia no frio das esferas
Os astros que se olham de perfil..."

Uma notável e fabulosa Natália Correia, fruto da sua magia poética.
É linda, sabia?
Bem-Haja, pelo carinho deixado no meu blogue.
Sempre a lê-la com delícia.
Beijinhos amigos de pureza perante o seu harmonioso e requintado versejar fabuloso.
Na maior admiração pelo seu talento.
Respeitosamente AGRADECIDO.

PENA
BEM-HAJA, SENSÍVEL E PERFEITA AMIGA.
ADOREI.

Lou Alma disse...

A maravilhosa Natália, lindo, bom domingo.

direitinho disse...

As noites e seus braços, os astros e os seus rastos e brilhos nos silêncios das flores............

Que beleza de escrita.

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Voce mora num lugar maravilhoso, Sonia, és uma privilegiada!

Beijo e bom domingo para ti

Beijo

El Drac disse...

Tienes una cadencia poetica atrapante y las imágenes son fantasticas, tu espacio es una verdadera obra de arte. un abrazo

Minha Vida disse...

Lindos Posts e Imagens, que paz que me trazem.
Bom domingo

Taninha Nascimento disse...

Que beleza de poema. Nossa...

Destaco:

"Há noites que nos levam para onde
O fantasma de nós fica mais perto".

Arrepiante! Bravo!

Bjs!

poetaeusou . . . disse...

*
as tuas fotos,
igualam o poema da
grande poetiza Açoriana .
,
conchinhas,
,
*

C@urosa disse...

Olá minha querida Sonia, há noites que são feitas para a contemplação, para o amor...Eu adoro contemplar a montanha aqui do vale, me acalma e faz feliz...adorei as imagens fotográficas.

Paz e harmonia em sua semana,

forte abraço

C@urosa

Pelos caminhos da vida. disse...

Há noites e noites, belo post.

Para você amigo de Internet

Nós temos sentado dia pós dia,
compartilhando nossas vidas, nossos sonhos, nossos medos, nossos erros.
Continua me assustando como você
que um dia foi um estranho, tenha se transformado em um de meus mais
querido e estimado amigo.
Você é tão importante para mim como qualquer de meus amigos pessoais,
minha família ou vizinhos.
Você me faz sorrir,
quando compartilha suas brincadeiras.
Me faz rir quando conta suas histórias.
Me faz sentir sozinh@ quando se vai.
Você esta em meus pensamentos cada dia.
Para você...meu melhor amig@ da web!
Te Adoro!!!
Fique aqui onde eu possa te ver, te falar, compartilhar com você, suas brincadeiras, seu sorriso, seus sentimentos...
Obrigado por ser meu
amig@ de Internet!

(texto da net).

Uma semana de muita saúde, paz, amor e gdes realizações.

Beijooo.

Pérola disse...

Vim te deixar o meu beijo minha querida.

Chica disse...

Maravilha de fotos e poema da Natália!beijos,chica

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.