.

.

10 maio 2010

Flores de Outono


Agora vou reclinando o corpo
entre a terra e as estrelas.

O espaço é breve
para a brisa do mar
que ainda soa...

E no entanto,
adormeço
no meu sonho,
sereno de harmonias

incendiando o fino pó
da terra
com estas flores violentas,
exíguas, do outono.

Vieira Calado



13 comentários:

Ana Martins disse...

Boa noite Sónia,
é tão lindo este poema de Vieira Calado!

Adorei reler aqui!

Beijinhos,
Ana Martins

Richard Mathenhauer disse...

Oi, Sonia.

Se não me engano, são Primaveras, não?

As Primaveras aqui de casa não tiveram tanta sorte: quando se deixaram florir, uma chuva levou o muro e as flores... Hoje elas voltaram a florir, mas tem os dias contados. Isso me faz pensar que a beleza é uma dádiva que nos é dada para ser usufruida sem tempo certo...

Abraços de quem admira "seu olhar",

El Drac disse...

Llegar a tu espacio es siempre darse un paseo por lo mejor del planeta Un abrazo

Adolfo Payés disse...

Que bello es pasar a disfrutar de tus post.. poesía que nos acompaña siempre..
Loa paisajes son preciosos..

Un abrazo
Con mis
Saludos fraternos de siempre...

AROBOS disse...

Preciosos versos otoñales. ¡Qué bien suenan en esa lengua!

Desnuda disse...

Bom dia, Sonia!

Como é bommmmmmmm ler Vieira Calado e ver as suas fotografias . Obrigada, na certeza que terei um bonito dia e você também.

Beijos, com carinho.

Nanda Assis disse...

lindissimo. adoroo.

bjosss...


___777777777___777777777____
__77777777777_77777777777___
_7777777777777777777777777__
_77777777777777777777777777_
_7777777777( \__/ )7777777777_
_7777777777(=' : '=)7777777777_
_7777777777(")__(")777777777__
___7777777777777777777777___
____7777777777777777777_____
______7777777777777777______
________77777777777_________
___________77777____________
_____________7______________

Sonhadora disse...

Minha querida
Um belo poema, Vieira Calado é soberbo.

Beijinhos
Sonhadora

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Sônia,

Tive a oportunidade de conhecer o Vieira Calado, ao iniciar uma participação em uma blogagem coletiva. Logo percebi que ele escreve muito bem.

Que delícia ver essas suas fotos...

Beijos e boa semana,

Betty disse...

Buen día Sonia: OTOÑO muy bella estación, hermoso tu post... Un abrazo

Anne Lieri disse...

Soninha,sempre me encanto com suas lindas poesias!Bjs,

R.Ferrari disse...

É chegado o outono e com ele um inicio de frio. Mas nossa ilha não perde o encanto em palavras e imagens. Abraços.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Sônia! Quando da minha viagem à Recife em virtude do falecimento da Enice, (minha ex esposa) devido à urgência, não bloqueei a memória do meu sócio, secretário e fiel colaborador. Acontece que, quando retornei encontrei o mesmo gravemente enfermo, pois devido às constantes e longínquas viagens impostas pelos meus queridos netos, foi vítima da invasão de alguns malfadados vírus que, como verdadeiros cânceres, danificaram totalmente a sua memória, forçando-me a levá-lo ao especialista para transplantá-la. Portanto, mais uma vez solicito a valiosa e honrosa compreensão de todos, no sentido de perdoar-me em função de mais um período de ausência, prometendo atualizar as visitas, retribuindo a todas, pois quem visita, merece e quer ser visitado.

Abraços e fique com DEUS.

Furtado.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.