.

.

30 maio 2010

Sopra-me


Sopra-me
que ao de onde procedo
haverei com levezas
de, então, retornar.
Com o calor de teu sopro,
de teu insuflar,
meus versos,
como pelúcias e pétalas,
no regaço das tardes,
no jardim das estrelas,
haverão assim de cair,
haverão de pousar.

Fernando Campanella




20 comentários:

Lídia Borges disse...

Uma beleza estas imagens, estes lugares, estes dizeres...

L.B.

Nina disse...

Deixe-me ir, vir e ter o prazer de sempre voltar.

Lindo texto, Sônia!

Saudades de vir aqui.

Beijinhos

RenaTinha Lira disse...

Lindos. Tenha uma ótima semana!

Maria Flor! disse...

Sônia, maravilhosa poesia, imagens mais lindas ainda, é sempre bom estar aqui, faz bem prá alma.
Ótima semana!

Beijos

Caminhos Poéticos disse...

A imaginação é mais importante que o conhecimento. Conhecimento auxilia por fora, mas só o amor socorre por dentro. Conhecimento vem, mas a sabedoria tarda.

Albert Einstein

Amor & Paz na nova semana...M@ria


Obs:Selinho Caminhos Poéticos prá voce aqui na página com carinho meu.

Sônia Silvino disse...

Boa noite, amore mio!!!
É tão bom receber a tua visita!
Fiquei muito feliz! Tua participação é muito importante pra mim.
Tenha uma semana maravilhosa!
Bjkas, muuuitas!
Sônia Silvino's Blogs
Vários temas e um só coração!

Sonhadora disse...

minha querida
que belo poema e imagens maravilhosas, como sempre.

beijinhos
Sonhadora

SolBarreto disse...

Lindo poema e como sempre lindas imagens...seu Blog e como viajar ao Paraiso!
Uma imagem mais linda que a outra!

Amor feito Poesia disse...

“Há lágrimas que correm pela face
e outras que rolam pelo coração”.

(Guilherme de Almeida)


Te desejo uma semana de amor & paz!
Beijos.........M@ria

Chica disse...

TUDO LINDO!óTIMA E FELIZ SEMANA POR AI!BEIJOS,CHICA

a magia da noite disse...

soprar a brisa de amar.

Everson Russo disse...

Sopra me na leveza desse amor....lindo poema...uma bela semana pra ti amiga.

Ministério da saúde disse...

Caro blogueiro,


A campanha de vacinação contra Influenza H1N1 foi prorrogada até 2 de junho. Gestantes, doentes crônicos, adultos de 20 a 39 anos e agora crianças de 6 meses a 5 anos devem se imunizar. A vacina contra o vírus que já matou mais de 2 mil brasileiros, está disponível nos postos de saúde pública de todo o Brasil. Ela foi testada, é segura e mais de 300 milhões de pessoas já foram imunizadas com esta vacina no Hemisfério Norte.

Por isso, é muito importante contar com a sua colaboração! Você pode ajudar por meio de materiais que disponibilizamos especialmente para blogs.

Para mais informações sobre como se tornar um parceiro, escreva para fernanda.scavacini@saude.gov.br

Atenciosamente,
Ministério da Saúde

Alda disse...

Que lindas imagens acompanhadas deste lindo poema!
Sónia à algum tempo que não a visitava por falta de tempo!
É sempre tão bom passar por aqui... o seu blogue é lindo!
Uma boa semana, e um beijinho!
Alda

Alda disse...

Que lindas imagens acompanhadas deste lindo poema!
Sónia à algum tempo que não a visitava por falta de tempo!
É sempre tão bom passar por aqui... o seu blogue é lindo!
Uma boa semana, e um beijinho!
Alda

REGGINA MOON disse...

Sônia querida,

Lindo demais...o poema...as imagens...sempre muito bonita a sua apresentação...de um extremo bom gosto!

Grande beijo e ótima semana!

Reggina Moon

João Videira Santos disse...

As imagens ilustrando as palavras e estas dando significado ao sentido de quem as escreveu.

Dois Rios disse...

Um sopro de beleza e delicadeza.

Beijo,
Inês

Anne Lieri disse...

Soninha,realmente uma poesia de pelucias e pétalas!Maravilhosa!Amei tb suas imagens!Adoro o seu blog!Bjs e boa semana!

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

Nascerá amor de todas as cores Para meu coração enfeitar E o perfume que sair de mim Com o do amor se confundirá E nunca mais ...por minhas faces... Deixarei lágrimas de dor rolar...


"Aut. Desconhecido''

AGRADEÇO SUA VISITA....BEIJOS...M@RIA

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.