.

.

05 junho 2010

Leveza


Leve é o pássaro:
e a sua sombra voante,
mais leve.

E a cascata aérea
de sua garaganta,
mais leve.

E o que se lembra, ouvindo-se
deslizar seu canto,
mais leve.

E o desejo rápido
desse mais antigo instante,
mais leve.
E a fuga invisível
do amargo passante,
mais leve.

Cecília Meireles



As imagens de hoje são dos bem-te-vis e João de Barro que habitam o jardim do lugar onde trabalho, e que na hora do lanche vem participar....

17 comentários:

R.Ferrari disse...

Belos pássaros. Lindas fotos. grandes palavras.

tossan® disse...

Cecília Meireles é genial e você também! Belíssimas fotos Sônia. Beijo

Mahria disse...

Quem poderá continuar amargo, após passar por um pássaro assim e seu canto?


Bjs
Mah

Caminhos Poéticos disse...

"Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses."

Rubem Alves

Feliz Domingo e beijos meus...M@ria

REGGINA MOON disse...

Sonia,

Que lindo sempre Cecília Meireles, ainda mais aqui nesse seu espaço de puro encantamento...Parabéns!

Beijos e bom Domingo!

Reggina Moon

AROBOS disse...

Preciosos los versos, pero las imágenes son tan coloridas que destacan sobre las palabras

Priscila Rôde disse...

Como já falaram: GENIAL!


Um lindo domingo pra você e os seus.



Beijos.

Fernanda disse...

Lindo Sônia!

Lindo e leve como um pássaro o sentimento amargo que vai passando...

Amiga, um destes dias posso vir buscar mais fotos suas para o Só Imagens???

Bom Domingo para si e para o Eduardo.
Beijinhos

Na casa do Rau

ju rigoni disse...

Bom ter um jardim assim, verdinho e cheio de passarinhos, ao redor do local onde se trabalha.

Muito bonitos, o poema (grande Cecília!) e as fotos.

bjs e inté!

ღPat.ღ disse...

Sou super fã de tuas fotos! E Cecília fecha com chave de ouro.

Um beijo especial.

Ana Maria disse...

Lindo! Um poema suave de Cecília Meireles. As fotos são maravilhosas, traz energia!
Beijinhos no seu coração!

SolBarreto disse...

Como sempreme encanto com tudo o que vejo aqui...
Lindo poema e lindissimas imagens...

Rosa Carioca disse...

Maravilhosa Cecília!
Sempre que, pela manhã, ouvia o bem-te-vi, o dia corria bem...

ONG ALERTA disse...

Lindo, leve como o pássaro, paz.
Beijo Lisette

Wanderley Elian Lima disse...

Cecilia dispensa comentários . Amei
Um abraço

Leonor Lourenço disse...

Sempre se repousa neste blog. É tão reconfortante. Baterias para viver o dia :)

armalu disse...

Hoje é meu dia de sorte, acordei cedo e cedo vim para o pc, e tive a dita, de só entrar em blogs novos e todos maravilhosos, adoro arte e poesia me encanta,me entermece. aqui recerreguei minhas baterias, agora vou trasbalhar arrumar a casa e depois vou voltar, hoje e sempre estou adorando. bj

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.