.

.

26 agosto 2010

O céu tem todas as respostas

O céu tem todas as respostas. 
O céu azul, o nebuloso, o metafórico, 
o céu religioso e até mesmo o céu poético, romântico.
Todo artista, todo filósofo, todo poeta, todo pensador 
todos os loucos gostam de observar o céu.
Estou vendo agora o sol nascer laranja. 
Fico olhando para o céu azul manchado 
de púrpura e cereja. 
O dia vai abrindo a sua boca, 
calmamente, alegremente, 
como se o próprio Deus bocejasse. 
e eu fico aqui — meditando, ouvindo pássaros, 
pensando na Vida, 
tomando café...
Um bela hora pra colocar minhas idéias 
em desordem outra vez.

Edson Marques 


13 comentários:

Luís Coelho disse...

Todos gostamos de olhar o céu e descansar os olhos no azul infinito.
Melhor andar olhando para o céu do que andar com a cabeça nas nuvens.

Sergio disse...

Sabias que és um dos meus amig@s? Venho agradecer-te por existires e seres um del@s...! Se vais ao meu blog saberás a que me refiro... e se queres levas contigo o regalo que, com muito carinho, está pensado para pessoas como tu...!
Mereces mais..., mas é o melhor que posso dar-te hoje... És um presente para mim... E é o que eu posso oferecer-te, hoje, a ti... El Puente

Um abraço.

Sergio

AROBOS disse...

El color del cielo tiene mucho que ver con el color de nuestro ánimo.

Priscila disse...

Lindo mesmo, o meu favorito é o por do sol quando fico o céu em tons lilás, rosa e azul, fico encantada e consigo voltar a sonhar.
kiss kiss

Wanderley Elian Lima disse...

O céu é o limite, e nada mais lindo quando o céu se encontra com o mar.
Um abraço

Lídia Borges disse...

Pura fascinação. O imenso azul onde os olhos gostam de mergulhar.

Lindas as fotos!!!

Um beijo

Flor disse...

Lindo poema e lindas fotos.

Un beso
~Flor

Priscila Lima disse...

ALÉM DA TERRA, ALÉM DO CÉU

Além da Terra, além do Céu,
no trampolim do sem-fim das estrelas,
no rastro dos astros,
na magnólia das nebulosas.
Além, muito além do sistema solar,
até onde alcançam o pensamento e o coração,
vamos!
vamos conjugar
o verbo fundamental essencial,
o verbo transcendente, acima das gramáticas
e do medo e da moeda e da política,
o verbo sempreamar,
o verbo pluriamar,
razão de ser e de viver.

Carlos Drummond de Andrade


um beijo no coração é o que desejam as conchinhas!!!

Isa disse...

E na foto linda...está o meu banco!
Fascinam-me!
Belo o poema.
Adorei o final.
Posso levar o banco comigo?!
Beijo.
isa.

Eliane F.C.Lima disse...

O céu sempre dá um jeito de falar conosco. Ora em azul, ora em palavras.
Eliane F.C.Lima (http://conto-gotas.blogspot.com)

Priscila Rôde disse...

Céu lindo que vive derramando inspirações sobre nossas linhas..


Muito bom!

Sonhadora disse...

Minha querida Sonia
O infinito não tem limites, adorei.

beijinhos
Sonhadora

Carmem Teresa disse...

O céu de todos nós, portador de nossos sonhos, vigilante de nossas vidas... instigante pergunta que fazem os poetas...Abraços, Sonia!!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.