.

.

17 dezembro 2010

O que o vento não levou


No fim tu hás de ver 
que as coisas mais 
leves são as únicas que o vento não 
conseguiu levar: 
um estribilho antigo, 
um carinho no momento preciso ,
o folhear de um livro de poemas ,
o cheiro que tinha um dia 
o próprio vento...



Mário Quintana



13 comentários:

Unknown disse...

Este pensamento é tão filosófico e ao mesmo tempo tão real.

Boas festas e muitas alegrias para toda a família

:.tossan® disse...

Quintana me emociona logo na primeira frase dos poemas que escreveu como este que escolhestes bem junto a segunda foto que é lindíssima. Beijo

SolBarreto disse...

Lindo...Você sempre acerta em cheio!!
"No fim tu hás de ver
que as coisas mais leves são as unicas que o vento não
conseguiu levar:" Amei isso!!!

Sonhadora (Rosa Maria) disse...

Minha querida

Passando para desejar um bom Natal, na companhia de todos que amas.

Beijinhos
Sonhadora

Maria Rodrigues disse...

Excelente escolha, lindas fotografias.
Passei também para desejar a si e a toda a sua família e amigos, um Feliz Natal, repleto de alegria, saúde, paz e amor.

“A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.” (desconhecido)

Que a Luz e o Espírito de Amor do Natal, consigam prevalecer nos nossos corações ao longo de todos os dias do ano que está a chegar, para seja sempre Natal.

Beijinhos
Maria e familia

Sotnas disse...

Olá Sônia, desejo que tudo esteja bem contigo!
Sempre com belas imagens e belíssimos textos, como este poema de Quintana, que diz que apesar de tudo, as coisas de real e verdadeiro valor nada ou nem mesmo o vento consegue carregar! Parabéns pelas belas postagens, desejo pra você e todos ao redor tudo de iluminado sempre, grande abraço e até mais!

Branca disse...

A expectativa que temos nesses dias que antecedem o natal é tão prazerosa quanto o próprio Natal.
Expectativa de receber uma msg de um amigo ausente... de rever parentes distantes... pessoas que estimamos... de sentir o carinho da família e de percebermos que, o amor move a nossa vida e que não somos nada, sem o carinho daqueles que nos cercam e nos são queridos.
Tenha um Feliz e Abençoado Natal junto aos seus!!!
Beijo carinhoso,
Branca.

Codinome Beija-Flor disse...

Sonia,
Que saudade de navegar aquim ver suas fotos, ler os poemas.
Como é bom voltar aqui e ver que tudo continua maravilhoso.
Bjs

Por toda minha Vida disse...

Há tempo que não deixo um comentário, hoje cheguei para te desejar...

FELIZ NATAL E UM ANO NOVO REPLETO DE AMOR E POESIA.

Renata
http://renatagomesdefarias.blogspot.com

Penélope disse...

Vim deixar meus votos de um grande NATAL e um NOVO ANO cheio de PAZ e HARMONIA a ti e a todos aqueles que teu coração habita.
BOAS FESTAS!

Abraços aos dois amigos, Sonia e Eduardo

Luísa disse...

Lindissima imagem numa dissertação assertiva!
Mil milhões de beijinhos com votos de FELIZ NATAL!

Priscila Rôde disse...

Por mais forte e eterno que ele seja, não conseguirá levar!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Sônia! Passando para te desejar um feliz natal e um Próspero Ano Novo, e dizer que mais uma vez acertaste na escolha. Grande Mário Quintana.

Beijos e ótima semana para toda família.

Furtado.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.