.

.

24 março 2011

Eu amo


Eu amo tudo o que foi
Tudo o que já não é
A dor que já não me dói
A antiga e errônea fé
O ontem que a dor deixou
O que deixou alegria
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia.

(Fernando Pessoa) 

Praia Jurerê
Praia do Sambaqui

13 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Lindo este poema de fernando pessoa...por vezes a dor, adormece.


Beijinho com carinho
Sonhadora

Luís Coelho disse...

Os poemas de Pessoa estão sempre actualizados e merecem ser relidos.

Sotnas disse...

Olá Sônia, desejo que tudo esteja bem contigo!
Belo este poema, se é como dizem, que dor é coisa da mente, minhas dores então estão em qualquer cantinho de minha mente, e que por lá permaneçam adormecidas. Entretanto sempre farão parte da minha história de vida!
Parabéns pelo bom gosto, nos poemas e imagens por aqui postadas no seu tão belo espaço!Desejo a você e todos felicidades sempre, agradecido pelas visitas e comentários, abraços e até mais!

Luciane Morais disse...

Amo Fernando Pessoa!
Esse céu..essas águas...essa ilha...ah! Eu agora aí!

Linda Sônia! Tudo de bom pra vc*

Abraços,
Lu

M@ria disse...

"Quando algo que você goste acabar,
ou simplesmente ir embora,
lembre-se que as folhas do outono
não caem porque querem
e sim porque é chegada a hora".

(Cristian Arza)

Bom FDS! Beijos na alma...M@ria

Amor feito Poesia disse...

Quando uma criatura humana
desperta para um grande sonho
e sobre ele lança toda
a força de sua alma,
todo o universo conspira a seu favor!"

Goethe

BOM FDS e meu carinho...M@ria

SAM disse...

Amiga,

Fernando Pessoa e belas fotos...Tudo lindo!!!

Beijos com carinho e bom fim de semana Sônia.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Sônia! Foste muito feliz quando na escolha. Grande Fernando Pessoa. Teu espaço continua lindo com belíssimas imagens.

Abraços e ótimo final de semana.

Furtado.

Malu disse...

Meu jeito de amar também é bem assim - carregado de nostalgias...
Abraços

Malu disse...

E como é bom ser recebido assim - incondicionalmente - por um verdadeiro amigo.
Lindo poema.
Abraços

momo disse...

Maravilloso Pessoa y que grato volver a este rincón maravilloso, como hace muito tempo que no vengo voy a seguir leyendo.
Feliz fin de semana.

ju rigoni disse...

Um novo dia sempre pode nos permitir olhar o passado sob outra perspectiva. Eu amo Pessoa!

Fotos lindas como sempre. Aliás, adorei a nova foto do cabeçalho.

Bjs, Sonia. Bom fim de semana. Inté!

tossan® disse...

Olá Sônia, que viagem hein! As fotos estão maravilhosas cada vez mais. Você não deve nada pra ninguém. Eu vi como você vê a fotografia de perto e fico orgulhoso de conhecer. Beijo

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.