.

.

11 maio 2011

Pensamentos ao vento


Gosto de andar e sentir o carinho do vento,
Ouvir a música que ao meu ouvido murmura,
São doces sinfonias de amor e ternura,
Uma leve brisa que ajudam e dão alento.

Vejo o bailado das folhas em pleno movimento
O canto dos pássaros que tocam com brandura
E isso pode ser tudo o que se procura,
Deixam o pensamento em total contentamento.

E eu esquecida do tempo, ao sabor do vento,
Quando chegam a mim o cheiro de rosas
Que voavam em círculos naquele momento.

Eu procurei estar bem, calma e sem receios,
Andar sem culpa ou agir de forma cuidadosa
Que meus pensamentos viagem, alheios.

Betânia Uchoa


Praias de Porto Belo e Araça

10 comentários:

ISA disse...

Lindo soneto!
Decorado de lindas ilustrações, de terra, mar, rochedos e clareira em praia-mar.
Beijo
Isabel
Portugal
PS: ... vá dar uma vista de olhos ao meu blog para ver o que encontra.

Marcela disse...

Lindas as palavras e principalmente as fotos!!!

Bjs

Luciane Morais disse...

Eu gosto do vento...o seu toque suave no meu rosto. O balançar das folhas das árvores. Quando o vento vem de fininho, passa pelas folhas seca ao chão, e ás levanta em poética realização.

Amiga! Um bom dia pra te*

Abraços,
Lu

Enrique G.A. disse...

Linda entrada e lidas fotos.
Saludaçoes.-

Dora Regina disse...

Visitando a ilha sempre na certeza de encontrar uma ótima leitura.
Um grande abraço e tenha um lindo dia!!!

Josiel Dias disse...

Olá querida Sonia; Graça e Paz.
Ficamos felizes em conhecer mais um blog muito legal. Aprendendo uns com os outros crescemos em conhecimento.
Aproveito esta oportunidade para compartilhar com a amada irmã os nossos blogs
Mensagem Edificante para Alma e Iec@blog. Ficaremos Felizes por vossa visita e mais ainda se seguir-nos.
Deus vos abençoe ricamente
Josiel Dias
http://josiel-dias.blogspot.com
http://iecaalcantara.blogspot.com

Vieira Calado disse...

Eu cá

gosto de ouvir o vento

mas não gosto nada de senti-lo.

Bjjsss

Mulher na Polícia disse...

Mergulhei nas palavras dela...
: )

Tão bom!

Um beijo, linda!

Maria disse...

Adoro ouvir o vento e adorei ler este lindo poema.
Como sempre fotografias maravilhosas.
Tenha uma excelente semana plena de alegria e paz.
“Se cada um dos seus dias for uma centelha de luz, no fim da vida você terá iluminado uma boa parte do mundo.” Osho
Beijinhos
Maria

Sotnas disse...

Olá Sônia, desejo que tudo esteja bem contigo!
Encantador poema de Betânia, que com sensibilidade expressa belos sentimentos, que o venta a faz sentir, e você completa ainda mais a beleza deste poema com belas imagens. Momentos captados com toda a tua sensibilidade, parabéns por este belo espaço de imagens e escritos!
Desejo a você e todos ao redor muitas felicidades, agradecido pelas visitas grande abraço e até mais!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.