.

.

26 julho 2011

Ramo em Flor


Para cá e para lá
sempre se inclina ao vento o ramo em flor,
para cima e para baixo
sempre meu coração vai feito uma criança
entre claros e nebulosos dias,
entre ambições e renúncias.
Até que as flores se espalham
e o ramo se enche de frutos,
até que o coração farto de infância
alcança a paz
e confessa: de muito agrado e não perdida
foi a inquieta jogada da vida.

Hermann Hesse
(de “Música da Solidão”, 1915)

Imagem 1: Flores da casa da amiga Osmarina
Cachoeiras de Goiás por Daniela Ortega
Dunas na Praia dos Ingleses

7 comentários:

Luís Coelho disse...

O tema da mudança. O vento nas flores e nos dia tornando-os mais calmos ou serenos mas tudo muda e acontece o tempo dos frutos belos de se verem.

Bendito o tempo que o coração encontra a paz e vive na simplicidade da infância.

AFRICA EM POESIA disse...

Tanta Saudade...


Dia das avós é dia de Amor...

e foi mesmo,Ontem, Hoje e será também Amanhã...




Hoje é dias dos avós.
Mas... amanhã...
Depois de amanhã...
E sempre...
É dia dos avós...
... Do mimo...
... Da ternura...
... Do carinho...
... Do estar...
... E de poder transmitir...
... A força...
... E a confiança...

Eu sou avó...
Todos os dias...
E é tão bom...
Poder sentir...
Essa confiança!...

LILI LARANJO

SolBarreto disse...

Lindo!
Como sempre passaraqui , me traz pa, clareza e uma sensação de que tudo vai melhorar...
Amei as imagens!

Eduardo Aleixo disse...

O Ramo em Flor é um poema lindíssimo construindo com base no amadurecimento floral a imagem do nosso amadurecimento nos caminhos da vida.
Bonito. Como bonitas são as fotos.
É sempre bom vir a este canto florido.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Sonia!

Bonito poema de alguém que tendo pressa em viver,e pegando num simples ramo de flores, saúda a descoberta do prazer e encanto trazidos pela idade madura.

Um Abraço.

Vitor

Evanir disse...

Apesar de todas as dificuldades,
das tristezas que insistem.
Mesmo com essa montanha erguida
O sol possa ser o presente mais doce
em cada amanhecer da minha vida.
Que eu sinta serenidade nesse momento
de espera.
Que eu aguarde com tranquilidade
o nascer do Sol todos os dias.
Que ele traga luz para minha vida
abrir cada dia mais o meu coração.
E numa prece silênciosa eu continue
na fé esperando um amanhã mais feliz
e mais bonito.
Tudo isso só sera possivel se eu tiver
uma fé sem limites.
E poder contar sempre com sua
amizade tão bonita.
Que Deus esteja contigo e comigo.
Um feliz e abençoado final de semana.
BJS no coração,,Evanir..

São disse...

Gostei das fotos e do texto.
Até breve

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.