.

.

25 outubro 2011

Delicadeza


A alma é invisível,
um anjo é invisível,
o vento é invisível,
o pensamento é invisível,
e no entanto,
com delicadeza,
se pode enxergar a alma,
se pode adivinhar o anjo,
se pode sentir o vento,
se pode mudar o mundo com alguns
pensamentos…


Roseana Murray

Praia do Forte

2 comentários:

LOURO disse...

Olá Sónia!!!

Linda postagem,com belas fotos e pensamento sublime...Gostei!!!

Beijinhos decarinho e amizade,
Lourenço

Victor Gil disse...

Querida amiga Sónia.
O poema fala do invisível. Mas estas imagens não são invisíveis. Estão bem à mostra e fabulosas como sempre.
Mas a minha preferida é que está no cabeçalho do blogue. Foto fabulosa e um lugar fabuloso. O paraíso só pode ter sido no Brasil. E em Florianópolis.
Meu beijo e meu carinho de sempre.~
Victor Gil

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.