.

.

05 fevereiro 2012

O barquinho


Dia de luz festa de sol
E um barquinho a deslizar
No macio azul do mar
Tudo é verão e o amor se faz
Num barquinho pelo mar
Que desliza sem parar...
Sem intenção,nossa canção
Vai saindo desse mar
E o sol
Beija o barco e luz
Dias tão azuis!
Volta do mar desmaia o sol
E o barquinho a deslizar
E a vontade de cantar!
Céu tão azul ilhas do sul
E o barquinho,coração
Deslizando na canção
Tudo isso é paz tudo isso traz
Uma calma de verão e então
O barquinho vai
A tardinha cai...



Roberto Menescal



3 comentários:

:.tossan® disse...

Não consigo ler este texto sem cantarolar a música. Lidas fotos Sônia! A gente se encontra. Beijo

Eloah disse...

A música é linda e ilustra magistralmente estes últimos dias ensolarados na Ilha da magia.Privilégio morar aqui.Adorei as fotos.Bjs Eloah

Graça Pereira disse...

Lindo poema de verão e a música acompanha o deslizar do barco e dos dias cheios de sol.
Beijos
Graça

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.