.

.

25 novembro 2012

Aqui nesta praia



Aqui nesta praia onde
Não há nenhum vestígio de impureza,
Aqui onde há somente
Ondas tombando ininterruptamente,
Puro espaço e lúcida unidade,
Aqui o tempo apaixonadamente
Encontra a própria liberdade.

Sophia de Mello Breyner Andresen



3 comentários:

✿ chica disse...

Lindíssimo tudo: o mar e o poema! beijos,linda semana e como está o netinho lindo? Babando muito tu?rs beijos,chica

Graça Pereira disse...

De mar e poesia...como ela entendia tudo tão bem!
Maravilhoso!
Beijo e boa semana.
Graça

Eloah disse...

Lindo poema.É na solidão que o tempo toma novas proporções e acalma a alma.
Bjs Eloah

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.