.

.

05 janeiro 2013

Deixa o amanhã para o amanhã




Deixa o amanhã para o amanhã
não percas o hoje que deve ser ora.
queres saber do futuro? vale sim,
porque será presente, como agora.

Abraça apertado o instante em si
como se abraça a pessoa querida
que aportou vindo de muito distante
e o acolhe no mais quente cais em ti

Sê sábio de amor nas tuas loucuras
concebe com prazer como o foste tu
deixa-te perder no que tens sido
e encontra-te melhor mais adiante

Sê espontâneo e livre como criança
a realidade em tuas mãos amorosas
fará alegre o tempo com a confiança

Entre esta e aquela vida (se existir)
há acerto, não sabemos, nem tu nem eu,
qual seja, agora, deixa o amanhã,
não percas o hoje que deve ser ora.

Antonio Miranda Fernandes


Um comentário:

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Venho deixar um beijinho de princípio de ano e desejando que para ti e todos os teus seja de muito amor e paz.

Sonhadora

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.