.

.

29 junho 2013

A manhã começa verde...


A manhã começa verde:
pulo da cama,
estendo os braços
para apagar os últimos
vestígios de um sonho,
mordo a maçã,
arrumo o mapa
do meu coração
e parto como um barco
de madeira antiga
para as surpresas do dia.
Pousada no umbral da porta,
a Esperança me olha
como folha verde na água,
como esmeralda encantada.


Roseana Murray 


5 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Um poema entre o sonho e a realidade.
A poesia continua a encantar como um jogo de palavras tentando definir os sonhos da alma.

Ricardo/águia_livre disse...

Existe sempre o contraste entre a realidade e o sonho. Conseguir conjugar as duas coisas acontece o desejo certo

Tenha um feliz Domingo
*********************
Querendo, visitem-me:

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso,onde o sonho combina com a realidade.

beijinho e bom domingo.

visitem:http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/2013/06/porque-foges.html#comment-form

Ritinha disse...

A realidade sobrepondo ao sonho e o sonho a realidade.
Bom, muito bom!
Espero que tenha um bom dia, uma excelente semana e um mês cheio de grandes desafios e conquistas.
beijos
Ritinha

Evanir disse...

O Amor é complexo, mas é lindo,
muito lindo! Quando ele .
Acredite no Tempo, na Amizade,
na Sabedoria, e principalmente no Amor.
A verdadeira amizade supõe um pacto de fidelidade,
uma capacidade de dar sem esperar resposta.
Em nome desse amor , que estou aqui hoje.
Um dia especial..especial de verdade.
O aniversário da minha princesa(Lara)
por isso venho convidar para uma visita no meu blog.
Uma semana abençoada e na paz.
Beijos no coração ,Evanir


Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.